Retiro Espiritual



O Retiro nos permite distanciar do nosso padrão normal da vida diária, para podermos nutrir a nossa vida com momentos de meditação e oração.




Vivemos hoje um mundo de muitas solicitações. Não temos tempo para nada, tal o volume e velocidade de informações.








O Retiro Espiritual nos oferece momentos privilegiados, em que afastados do burburinho dos sentidos e do mundo podemos nos encontrar conosco mesmos e com Deus. Longe do barulho, procuramos examinar nossa vida e nossos atos confrontando-os com o Evangelho e, confiados na bondade divina, partir para uma vida nova, consciente de que o Reino de Deus está dentro de nós, Reino que é paz e alegria no Espírito Santo (Cf. Rm 14, 17).


Lemos muitas vezes nas Sagradas Escrituras, a busca pelo silêncio e recolhimento para o encontro com Deus:

... no livro de Oséias, Deus nos convida a “vir para o deserto para orar e Ele falará aos nossos corações.”;

... foi no silêncio e na solidão  que Elias  ouviu a voz de Deus  na  suavidade de uma brisa;

... na contemplação, os profetas, em recolhimento, sentiram o chamado e deixaram-se impregnar pelo Espírito, adquirindo forças para sua missão;

... Jesus se afastava das multidões que o seguiam e retirava-se para um local silencioso, geralmente despovoado e solitário, onde pudesse entregar-se à contemplação, à meditação profunda, ao encontro com Deus-Pai. “... Jesus se retirava para lugares desertos, a fim de rezar.” (Lucas 5:16);

... no sermão das bem-aventuranças recomendava: “... quando você rezar, entre no seu quarto, feche a porta e reza ao seu Pai ocultamente; e o seu Pai, que vê o escondido, recompensará..” (Mateus 6:6).


O silêncio e o recolhimento na oração foram e são marca constante na Igreja, desde quando os Apóstolos, no Cenáculo, por nove dias, na oração e no silêncio, esperaram a manifestação do Espírito Santo. Teresa d’Ávila, em seus escritos, afirmava que “Deus sempre quer nos falar, mas o mundo faz tanto barulho que não o podemos ouvir.”.

Sabemos que Deus, Jesus Cristo e o Espírito Santo - a Trindade Celestial, nos fortalece a cada dia para que possamos atingir os nossos objetivos. A Trindade Celestial nos condede a vitória!


É bom esperar em silêncio  a Salvação do SENHOR

(Lam. 3:26)